Meio Ambiente

PM de Meio Ambiente flagra aves silvestres mantidas em cativeiro em Ituiutaba

1 de maio de 2020

Foram apreendidos animais das espécies canários da terra e papa-capim bigodinho. Proprietário foi notificado pelo crime ambiental.

 

 

Policia de Ituiutaba realizou a apreensão de sete canários da terra e um papa-capim bigodinho — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link Policia de Ituiutaba realizou a apreensão de sete canários da terra e um papa-capim bigodinho — Foto: Polícia Militar/Divulgação
 
 
 
 
 
A Polícia Militar de Meio Ambiente de Ituiutaba foi acionada para atender a uma denúncia de criação ilegal de aves silvestres no Bairro Novo Tempo II, nessa quinta-feira (30). O dono dos animais foi autuado.
 
De acordo com o Boletim de Ocorrência, os militares foram até o local onde encontraram oito aves da fauna silvestre que eram mantidas ilegalmente em cativeiro, sendo sete canários da terra e um da espécie papa-capim bigodinho.
 
Segundo a polícia, as aves foram apreendidas e, posteriormente, foi realizada a soltura no habitat natural por terem indícios de serem animais recém capturados e por apresentarem boas condições físicas.
 
 
Crime ambiental
 
O homem responsável pelas aves foi autuado no valor de 1.995 UFEMG, que corresponde a R$ 7.404,64. Ele assinou um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) para que o autor possa responder pelo crime ambiental junto ao juizado especial por se tratar de crime de menor potencial ofensivo.
 
Os militares ressaltam que manter em cativeiro animais silvestres ilegalmente é crime ambiental descrito no artigo 29 da Lei Federal 9605/98 mais conhecida como “ Lei dos Crimes Ambientais".
 
A PM de Meio Ambiente ressaltou que conta com apoio da população para que quem tiver informação de crime ambiental, que realize a denúncia gratuita e anonimamente no número 181 em todas as localidades.
 
Juntamente com número geral da PM, os moradores da cidade de Ituiutaba podem fazer a denúncia também pelo número 198.
 
 
Animais foram soltos no habitat natual — Foto: Polícia Militar/Divulgação
 
Animais foram soltos no habitat natual — Foto: Polícia Militar/Divulgação