Distrito Federal

Comissão aprova indicação de diretor para Adasa

10 de março de 2020

    Engenheiro indicado tem vasta experiência com recursos hídricos A Comissão de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Ciência, Tecnologia, Meio Ambiente e Turismo da Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou no início da tarde desta terça-feira (10) a indicação do engenheiro Vinícius Fuzeira de Sá Benevides para ocupar o cargo de diretor da Agência Reguladora de… Ver artigo

 

 

Engenheiro indicado tem vasta experiência com recursos hídricos
A Comissão de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Ciência, Tecnologia, Meio Ambiente e Turismo da Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou no início da tarde desta terça-feira (10) a indicação do engenheiro Vinícius Fuzeira de Sá Benevides para ocupar o cargo de diretor da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa). A indicação foi aprovada na comissão por unanimidade e deverá ser analisada pelo plenário da Câmara Legislativa ainda na tarde de hoje.
 
Antes da aprovação da indicação, o engenheiro foi sabatinado pelos integrantes da Comissão do Meio Ambiente. Vinícius Fuzeira de Sá Benevides tem um vasto currículo na área, com especialização na França, Estados Unidos e Alemanha em recursos hídricos, energia e economia. O indicado ainda participou da fundação da agência, da qual foi diretor por três anos e presidente no período de 2010 a 2015.
 
Ao responder as perguntas dos deputados, o engenheiro destacou os debates realizados na Câmara Legislativa para definição do modelo de agência reguladora até a criação da Adasa, em 2004. Segundo ele, a Câmara foi muito importante para garantir a autonomia financeira da Adasa.
 
Vinícius Benevides explicou que a crise hídrica recente no DF foi provocada pela falta de obras no momento adequado e ressaltou que os alertas foram dados pela agência. Mesmo assim, na opinião dele, o racionamento de água realizado no DF "ensinou muito à Adasa" e ao seu corpo técnico. O futuro diretor disse ainda que a agência trabalha na redução do consumo e em campanhas de uso consciente para atender a demanda de novas áreas habitacionais.
 
Para o indicado, a agência reguladora tem que valorizar seus servidores e garantir a permanência dos profissionais "que são do mais alto nível". Segundo ele, o órgão vai lançar edital de concurso para completar seu quadro de pessoal.
 
Participaram da sabatina e da votação da indicação do novo diretor da Adasa os deputados Eduardo Pedrosa (PTC), Robério Negreiros (PSD), Jaqueline Silva (PTB) e Leandro Grass (Rede).
 
Luís Cláudio Alves
Fotos: Carlos Gandra/CLDF   
Núcleo de Jornalismo – Câmara Legislativa