Zero Waste

O que é o conceito zero waste?

10 de junho de 2019

        A resposta mais simples: "zero waste" ou lixo zero, basicamente é não enviar nada para um aterro sanitário. Reduzimos o que precisamos, reutilizamos o máximo, enviamos pouco para ser reciclado e compostamos o que não reciclamos.   A resposta menos simples: é realmente sobre como redefinir o sistema. Atualmente, sobrevivemos com uma… Ver artigo

 

 

 

Resultado de imagem para bottles-container-daylight-802221

 

A resposta mais simples: "zero waste" ou lixo zero, basicamente é não enviar nada para um aterro sanitário. Reduzimos o que precisamos, reutilizamos o máximo, enviamos pouco para ser reciclado e compostamos o que não reciclamos.   A resposta menos simples: é realmente sobre como redefinir o sistema. Atualmente, sobrevivemos com uma economia linear, onde tiramos recursos da terra e despejamos em aterros sanitários. O objetivo do desperdício zero é mudar para uma economia circular onde o objetivo é que não exista mais lixo. Em vez de descartar recursos, criamos um sistema em que todos os recursos podem ser retomados no sistema. Mas o que há de errado com os aterros sanitários?  Vivemos em uma sociedade descartável onde não valorizamos nossos pertences e estamos consumindo demais.  Além do problema de consumo excessivo, os aterros sanitários são tóxicos – toxinas de limpadores, baterias, pequenos eletrônicos (e outros itens que não deveriam ser depositados em aterros sanitários) penetram no solo indo para águas subterrâneas quando chove, e para o oceano.

 
Reciclar não deve ser a primeira linha de defesa, mas um último recurso, pois a maioria dos recicláveis nem é processada. Há simplesmente muito para ser processado e estamos realmente consumindo demais. Reciclagem não é a solução perfeita e definitiva. Enquanto isso funciona como paliativo, precisamos mesmo é diminuir nossa dependência. Em vez de você comprar cada vez mais e mais e depois simplesmente descartar, concentre seus esforços em reduzir o consumo e reutilizar tudo o que for possível. Ao reduzir o que precisamos, automaticamente estamos reduzindo o que será descartado. 
 
No Brasil já existem lojas que funcionam totalmente com o conceito de lixo zero e a primeira delas foi a Mapeei em SP, inaugurada em setembro de 2018. Lá você vai encontrar composteiras, garrafas reutilizáveis, cosméticos orgânicos sem embalagens, escovas de dentes feitas com bambu, canudos de vidro e inox, conjunto de talheres para comer na rua, guardanapos de pano, absorventes em tecido, entre outros produtos sem nenhuma embalagem plástica. O supermercado Angeloni é outro bom exemplo, ele faz parte do programa Supermercado Lixo Zero e foi indicado como modelo pelo Instituto Lixo Zero Brasil (ILZB) para deputados de várias regiões do país tomarem conhecimento do programa na prática e assim, incentivar os empresários de seus Estados a adotarem uma política de sustentabilidade baseada nos moldes do lixo zero. Eles ficaram impressionados com o trabalho realizado no Supermercado Angeloni de Florianópolis, em Santa Catarina, que hoje destina corretamente 95% dos resíduos gerados.
 
Todos os dias você tem a decisão de impactar positivamente o planeta. Como você vai trabalhar? Como você faz suas compras? O que você está comendo? O que você está comprando? Tudo está interligado. Cada compra que você faz é um caminho para o tipo de mundo que você quer viver. A ideia é reduzir significativamente a quantidade de lixo que vai para os aterros. Com apenas um passo na direção certa e fazendo a sua parte, você pode ajudar a mudar o mundo.