Jericoacoara

Parque Nacional de Jericoacoara recebe pouca movimentação em primeiro dia de reabertura no Ceará

10 de agosto de 2020

Chegada de turistas ainda é discreta. Estabelecimentos na Vila de Jericoacoara devem retornar apenas na próxima semana.

 

 

Jericoacoara voltou a receber visitantes a partir de sábado (8) — Foto: Fábio Arruda / Colaboração

Jericoacoara voltou a receber visitantes a partir de sábado (8) — Foto: Fábio Arruda / Colaboração
 
 
 
 
Liberado para visitantes a partir deste sábado (8), o Parque Nacional de Jericoacoara, no litoral Norte do Ceará, recebeu poucos turistas. O retorno foi permitido na última sexta (7) após portaria publicada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade no Diário Oficial da União. Entre as medidas para o retorno no Parque, estão o uso de A área estava fechada para visitação desde 17 de março.
 
Apesar da permissão, parte do comércio local não abriu. Oswaldo Leal, presidente do Conselho de Empresários de Jericoacoara (CEJ), indica o retorno antecipado como um dos motivo para o fechamento já que alguns estabelecimentos se preparam para voltar somente na próxima semana. “Foram todos pegos de surpresa. Empresas estavam com compras e entregas programadas para abrir em 14 de agosto. Poucos vão voltar hoje”, conta Oswaldo.
 
Sônia Vieira é dona de um dos restaurantes da região e optou por abrir as portas somente na próxima semana. “Como só estava planejando abrir só no dia 14, ainda falta algumas coisas. Alguns resolveram voltar hoje, então, quem está podendo voltar hoje, volta” explica. Em alguns casos, a volta pode demorar mais. “Tem estabelecimento que volta só em setembro, quando estiver melhor. Abrir custa caro e o turismo por enquanto não tá tão movimentado”, completa a empresária.
 
 
Retorno seguro
 
Para garantir que os ambientes estejam seguros para retorno, o ICMBio indicou medidas sanitárias para a volta. Além das precauções como uso obrigatório de máscara de proteção facial, higienização das mãos álcool em gel 70% e sabão e uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI), é recomendado que os estabelecimentos mantenham ambientes ventilados, com janelas e portas abertas, não disponibilizam jornais, revistas, panfletos e livros em locais de comum acesso, e optem pelas vendas virtuais.
 
Para os pagamentos presenciais, o indicado é que, em caso de cartão, as máquinas de débito e crédito estejam fixas ou envelopadas com filme plástico. Fazer a desinfecção após cada uso também é um dos cuidados indicados pelo Instituto. Nos restaurantes, é preciso manter o distanciamento mínimo entre as mesas (2 metros) e cadeiras (1 metro).
 
A retomada gradual das atividades na Vila de Jericoacoara inicia também neste sábado, após decisão da Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara, oficializada no dia 1°. Restaurantes e barracas de praia funcionam com horário reduzido e público limitado a 50% da capacidade local. A expectativa da Secretaria de Turismo é de que o movimento retorne com 20% da taxa de ocupação até o final do mês. O esperado no mês de agosto é ocupação de 80%.
 
“É um momento que todo mundo aqui esperava. Nosso Município foi o primeiro a fechar as portas para o turismo e agora, depois de quase cinco meses, estamos reabrindo. É um momento de muita felicidade e muita cautela”, ressalta Ricardo Wagner, secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio ambiente do Município.
 
Mais de 600 pessoas estão em treinamento para reforçar aos protocolos sanitários. “Esperamos que essa ação de cautela e prevenção seja feita por todos: moradores, turistas e empresários”, ressalta Ricardo. “O turismo ainda deve demorar um pouco para alcançar aquele volume de antes da pandemia, mas já é uma alegria e injeção na economia”.