Ararinhas-azuis

Faltam 70 dias para ararinhas-azuis voltarem para casa

12 de dezembro de 2019

20 anos depois de se tornar extinta na natureza, a ararinha-azul vai voltar para o Brasil no seu bioma natural, a Caatinga.

 

 

AVE Cyanopsitta spixii Ararinha azul Carla e Tiago ACTP 8

Brasil receberá 50 Ararinhas-azuis. (Foto: ACTP)
 
 
 
 
 
Após muitos anos de trabalho, o projeto histórico de reintrodução chega à fase final. No dia 18 de fevereiro de 2020, as primeiras 50 araras vão começar a jornada de volta, vindas do recinto da Association for the Conservation of Threatend Parrots (ACTP), na Alemanha, para o Brasil, o habitat natural delas. 
 
Confira, no vídeo, imagens do Refúgio de Vida Silvestre da Ararinha Azul que vai receber as aves na Caatinga. O vídeo mostra as mudanças na paisagem da área nos últimos 10 anos, desde que foram iniciados os trabalhos para recuperar a vegetação local.