Elefante-Marinho

Elefante-marinho bate recorde ao nadar quase 6 mil km para oeste

13 de outubro de 2016

Fêmea, que é rastreada, bateu recorde durante migração anual. Distância média que espécie nada é de 3,2 mil km.

 

 

Elefante-marinho bate recorde ao nadar quase 6 mil km para oeste (Foto: )

 

Pesquisadores da Universidade da Califórnia em Santa Cruz disseram que um elefante-marinho bateu um recorde ao chegar mais longe para o oeste do que qualquer exemplar rastreado de sua espécie.
 
Quando Phyllis chegar de volta à Califórnia em janeiro, ela terá completado uma aventura de quase 12 mil km. A fêmea completou quase 6 mil km antes de mudar a direção para voltar para casa.
 
A distância média que essa espécie geralmente nada durante a migração de oito meses é de 3,2 mil km.
O diretor da reserva Año Nuevo, Patrick Robinson, disse que pesquisadores estão rastreando os mamíferos marinhos há 22 anos na reserva em Pescadero, na Califórnia.
 
Foto do topo: Rachel Holser/University of California, Santa Cruz via AP