Aedes Aegypti

Icmbio realiza campanha de combate ao mosquito aedes aegypti

18 de fevereiro de 2016

Servidores e parceiros distribuíram material informativo e realizaram mutirão de limpeza no Parque Nacional de Brasília

Foto: Jorge Cardoso/MMA

 

 

Brasília (15/02/2016) – No último sábado (13), o Parque Nacional de Brasília foi palco de uma ação do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zica e chikungunya. A iniciativa faz parte da campanha do governo federal “Um mosquito não é mais forte que um país inteiro”, cujo objetivo é mobilizar a sociedade contra o Aedes aegypti.
 
 
Saiba mais sobre a campanha aqui. 
 
Através da distribuição de panfletos informativos, servidores, colaboradores e parceiros do ICMBio uniram esforços para envolver os visitantes do parque nesta luta. Foi realizado, ainda, um mutirão de limpeza no entorno das piscinas e trilhas. “A ação de hoje deve ser replicada em todas as nossas unidades descentralizadas. O órgão público deve cuidar da própria casa, dar o exemplo e levar essa mensagem para a sociedade. A estimativa é de que aproximadamente 70% da infestação provém das residências”, pontuou Cláudio Maretti, presidente do Instituto.
 
 
Servidores e parceiros realizaram mutirão de limpeza no Parque
 
 
Durante a atividade, também foi abordada a importância das Unidades de Conservação (UCs), ferramentas essenciais para a preservação dos ecossistemas e proteção da biodiversidade. De acordo com a chefe do Parque Nacional de Brasília, Juliana Barros, nas áreas onde há equilíbrio ecológico a proliferação do mosquito é menor. “A ideia é conscientizar os visitantes em relação ao lixo, justamente para que esse equilíbrio não seja afetado”, esclareceu.
 
A iniciativa do ICMBio contou com o apoio do Ministério do Meio Ambiente, Secretaria de Meio Ambiente do Distrito Federal (DF), Corpo de Bombeiros e Polícia Ambiental do DF, além da Associação dos Amigos do Parque Nacional de Brasília. Segundo a jornalista Júnia Lara, que preside a Associação, o trabalho de conscientização é difícil, mas vem trazendo bons resultados. “Lançamos, em parceria com a direção do parque, as campanhas 'Leve seu lixo para casa' e 'Nosso parque limpo'. Acredito que o melhor caminho é mesmo o da cooperação entre governo e sociedade civil”, concluiu Júnia.
 
Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
ascomchicomendes@icmbio.gov.br