Cartas

Science Festival

24 de agosto de 2005

The Brazilian Embassy in Canberra suggested I contact Folha do Meio Ambiente regarding a major event that will be taking place em May 1999.We would like to encourage for the first time a Brazilian competitor in the internationally recognised Bayer Solar and Advanced-Technology Boat Race to be held in Australia’s capital city, Canberra, May 1,… Ver artigo

The Brazilian Embassy in Canberra suggested I contact Folha do Meio Ambiente regarding a major event that will be taking place em May 1999.
We would like to encourage for the first time a Brazilian competitor in the internationally recognised Bayer Solar and Advanced-Technology Boat Race to be held in Australia’s capital city, Canberra, May 1, 1999.
You may be aware the Bayer Solar and Advanced-Technology Boat Race is considered the boating equivalent of the internationally recognised World Solar Challenge for cars. Brazil participated in the 1996 solar car race in Australia.
The 1999 Advanced Technology Boat Race is part of the Australian Science Festival, which runs from April 30, to May 9, 1999. Plans are already well underway for an exciting, innovative and spectacular race for 1999 with many prizes on offer. There has been a great deal of interest already from past and new entrants.
If you have anys questions regarding the race, travel logistics, accommodation, please contact Emma Ridley, Boat-Race coordinator or myself on:
Telephone: +61 (0)2 6205 0588; Facsimile: +61 (0)2 6205 0638
E-mail: science.festival@anu.edu.au
Yours sincerely
MARY-ANNE WALDREN
Executive Director


Manual de Crimes Ambientais
Quero agradecer o espaço que cedeu ao meu livro “Manual de Crimes Ambientais” em seu jornal, o mais prestigioso jornal sobre meio ambiente no Brasil. Tudo que eu dissesse seria pouco para expressar meu contentamento e gratidão. Um grande abraço e votos de contínuo sucesso.
Edna Cardozo Dias
Belo Horizonte-MG


Consumismo
O grande mal para o Meio Ambiente é o consumismo egocêntrico. Creio que a solução seja a opção dos humanos pela vida harmoniosa de amar a Deus (que também é as sua criatura) e ao seu próximo (que também são os animais, vegetais, solo, água, ar etc).
Como ser responsável e consciente em relação ao consumo? Como exercer os nossos direitos e deveres de consumidores que somos de água, ar, alimentos, educação, informações, saber, vestimentas etc?
Gostaria de ver na Folha do Meio Ambiente matérias sobre alimentação natural vegetariana, agricultura natural e medicina natural com a preservação e harmonização do homen em seu habitat.
Paulo Caetano Pereira – Agroecologista do Centro Capão das Jaboticabas
Augusto de Lima – MG


Ética e verdade
É com muito prazer e imensa satisfação que solicito minha renovação de assinatura. Sempre busquei nas páginas da Folha do Meio Ambiente informações sérias, técnicas e comprometidas com a ética e com a verdade. A linguagem, sempre que possível – observo, tem sido clara, objetiva, imparcial e equilibrada. Tenho podido enriquecer o meu vocabulário técnico e conseguido obter detalhamentos valiosos a fim de aplicá-los e/ou transmiti-los profissionalmente.
A equipe está de parabéns. Seus colaboradores são de ótimo nível! Acredito, sinceramente, que o avanço em busca da qualidade dos assuntos e dos depoimentos transcritos continuará sendo uma constante. Vocês merecem todo nosso apoio.
Jorge Flores dos Santos – Professor / Biólogo
Niterói – RJ


Agradecimento
Recebi e agradeço o exemplar do valiosíssimo jornal Folha do Meio Ambiente. Leio e empresto para várias pessoas ler este jornal que defende a vida e o meio ambiente. Desde já agradeço o presente e espero os futuros exemplares do jornal
Arlindo Lopes
Assis – SP


Letras que são folhas
Parabéns pelos 10 anos de publicações deste importante e indispensável órgão de divulgação.
Diria que as capas das edições publicadas não fizeram a história, mas sim, fazem a história, já que uma edição da Folha do Meio Ambiente  é sempre o presente. Suas letras são folhas renovadas de um portentoso arbusto que nunca fenece. Seus frutos são constantes, sua sombra acolhedora, sua vida a nossa vida, a vida de toda a natureza.
Jurandir Schmidt
Joinville – SC


Sebrae
Com a intenção de lhe apresentar um pouco mais do que é hoje a atuação do SEBRAE em prol do fortalecimento das micro e pequenas empresas no Brasil, tenho o prazer de lhe encaminhar o nosso livreto institucional. Na certeza de que este material será um instrumento para um maior conhecimento das nossas atividades, despeço-me.
Pio Guerra  Júnior – Pres. do Conselho Deliberativo do Sebrae Nacional
Brasília-DF


Acorda, Brasil
Comunicamos a Vossa Senhoria que o Programa Acorda, Brasil está sob nova Coordenação, com o firme propósito de dar continuidade aos objetivos já instituídos.
Assim sendo, vimos reafirmar nossa intenção em estreitar nosso vínculo com todos os parceiros e nessa nova fase, com o objetivo de criar condições para a consolidação do ensino fundamental, mas priorizando o ensino médio.
Gostaríamos  de continuar contando com essa importante parceria, que indubitavelmente é o sustentáculo dessas ações que vimos desenvolvendo. Concluímos que, por intermédio dessas parcerias, podemos avançar rumo à solução de nossos problemas educacionais e que esta depende da ação de todos.
Certos de contar com seu apoio, colocamos o Acorda, Brasil, à disposição para o que se fizer necessário.
Regina Maria Oton de Lima – Coordenadora do Acorda, Brasil
Brasília – DF


Qualidade da água
Por favor me enviem endereços (links) de instituições e/ou universidades que trabalham com projetos relacionados à qualidade da água. Desenvolvo projeto, na região do Médio Paranapanema, onde analisamos a qualidade da água segundo o IQA e pretendemos analisar também agrotóxicos.
Daercy M. R. Ayroza
ayroza@femanet.com.br


NR: Secretaria de Recursos Hídricos
E-mail: srh003@mma.gov.br
www.mma.gov.br; Ibama
Tel: (061) 317-8222/1359/1347
Fax: (061) 223-5366


10 anos
Quero lhes parabenizar pelos 10 anos da Folha do Meio que vem mantendo ao longo deste período, um excelente nível de informações. Estas têm sido de grande valor para todos aqueles que se preocupam com a Educação ambiental em todos os seus aspectos.
Sinto-me gratificada em ser assinante da Folha do Meio. Apesar de já estar aposentada, continuo mantendo a minha assinatura, pois acredito ser de grande importância estar sempre atualizada, principalmente, naquilo que se tem interesse e que se acredita.
Como não estou mais em escolas, tenho passado os exemplares recebidos, após lê-los atentamente,  para uma sobrinha que trabalha no ensino de 1a à 4a séries. Com isto venho incentivando-a a desenvolver atividades de Educação Ambiental com as turmas dela e, consequentemente, com as demais turmas da escola. Além disto, tenho feito, na medida do possível, divulgação do referido jornal, junto aos profissionais que conheço que estão ligados ao ensino de 1o e 2o graus e que se interessam pelo assunto exposto, a fim de que eles façam uma assinatura da Folha do Meio Ambiente.
Despeço-me, desejando-lhes muito sucesso, hoje, amanhã e sempre.
Prof. Mathilde C. da Fonseca
Rio de Janeiro-RJ


Cariris
Sinto-me muito feliz em ver que as questões ambientais podem contar com jornalistas engajados como os da Folha do Meio Ambiente, uma vez que a mídia reserva pouco espaço para tais questões. Faço parte de uma recém-criada ONG ambientalista que não conta com muitos recursos, principalmente financeiros, entretanto tem muita vontade de lutar cada vez mais por um planeta mais sadio, onde as pessoas e a natureza possam viver em harmonia.
José Neydson S. Eloy – Coordenador Técnico Grupo Ecológico Cariris
Santa Terezinha – BA


Educação ambiental
Sou professor de ciências em Itaguara, na rede estadual, tenho procurado dar um enfoque maior na parte da Educação Ambiental, pois a relação homem/natureza está bem complicada, graças ao consumismo desfreado,  superpopulação e ganância humana.
Só uma educação mais eficiente e voltada para o resgate da cidadania pode melhorar nosso relacionamento com a natureza e fazer uma sociedade mais justa.
Preciso estar bem informado e ter argumentos fortes e convicentes, por isso quero assinar a Folha do Meio Ambiente, para tanto estou anexando um cheque no valor de R$ 18,00.
Estou fazendo um trabalho sobre água e pretendo convencer meus alunos sobre luta pela defesa dos mananciais da cidade.
Assim precisaria de maiores informações sobre proteção de mananciais, leis de nível municipal possíveis de implantar no nosso município, projeto de reflorestamento de matas ciliares, importância da água, uso e abuso, reservas mundiais, tipos de contaminação, situação de tratamento  de esgotos no Brasil, etc.
Camilo Joaquim de O. Rezende
Itaguara-MG


Cadeira Cativa
Sou professor e atuo na área de Educação Ambiental do SESI – MS. Sou leitor “cadeira cativa” da Folha do Meio. Nesta oportunidade gostaria de saber se vocês poderiam indicar-me bibliografia que atenda ao seguinte conteúdo:
– O veículo automotor como poluidor do meio ambiente;
– Regulamentação do CONAMA sobre poluição ambiental causada por veículos automotor;
– Emissão de gases tóxicos;
– Emissão de partículas (Fumaças);
– Uso de catalisadores;
– Poluição sonora;
– Manutenção preventiva do veículo para preservação do meio ambiente.
Laurênio Vieira Ramos
SESI – MS


NR: Estamos lhe encaminhando edições da Folha do Meio que tratam do tema.


Pouição da água
A preocupação de vocês quanto à preservação do meio ambiente é também a nossa. Nós alunos do 3o EG, vimos através desta solicitar o envio de materiais (livro, revistas, etc) para que possamos conhecer melhor e, assim, defender também melhor nossos recursos naturais. Nosso município sofre muito com a poluição da água.
André Cristiano Silveira
Colégio Estadual José do Patrocínio – Siderópolis-SC


Outras Correspondências: Embaixador Luciano Ozório Rosa (Embaixada do Brasil em Budapeste); Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado do Rio de Janeiro; Parabólicas (São Paulo-SP); Jornal UCB (Brasília-DF); Revista Del Sur (Uruguay); Margarida Diniz Melo Camargos (Coord. Da Área de Ciências da Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais – Belo Horizonte-MG); Boletin de la Asociación VIDA SANA (Barcelona-España); Caterpillar Brasil Ltda (Piracicaba-SP); Boletim Mata Atlântica (Salvador-BA); Movimento Ecológico (Rio de Janeiro-RJ); Nossa Folha (São Lourenço); Compahia Melhoramentos de São Paulo; Lirson  Wilson Borges Moreira – Advogado (Goiânia-GO); Associação Nacional de Defesa Vegetal (São Paulo-SP); Revista Cargill (São Paulo-SP); Nutritiva (Rio de Janeiro-RJ); Jornal ANJ (Brasília-DF); Jornal Hoje Em Dia (Brasília-DF);

Cartas

Com a palavra, o Leitor

8 de agosto de 2005

PescaO Sr. Onofre Miranda, autor da coluna “papo de pesca”, deveria ser mais cauteloso ao fazer declarações como as que foram publicadas no número 89 da Folha do Meio. Afinal de contas, ele corre o risco de ser acusado, pelos fanáticos “ecologicamente corretos”, de propor que os pescadores desportivos subornem as autoridades públicas ao sugerir… Ver artigo


Pesca
O Sr. Onofre Miranda, autor da coluna “papo de pesca”, deveria ser mais cauteloso ao fazer declarações como as que foram publicadas no número 89 da Folha do Meio. Afinal de contas, ele corre o risco de ser acusado, pelos fanáticos “ecologicamente corretos”, de propor que os pescadores desportivos subornem as autoridades públicas ao sugerir que milhões deles paguem anualmente a taxa de licença de pesca, com a qual se poderia obter o numerário necessário ao custeio de projetos de natureza ambiental, a exemplo do que já foi feito noutros países.
A propósito desta mesma coluna, sou de opinião que, muito mais prioritário do que desperdiçar escassos recursos financeiros do Estado em paliativos repovoamentos com peixes, comprovadamente ineficazes no contexto brasileiro, seria concentrá-los em esforços destinados à conservação dos ambientes em que estes habitam, tais como a repressão à pesca destes e o desenvolvimento do seu potencial econômico, além de promover a educação dos futuros praticantes da pesca amadora a fim de que eles passem a ter uma preocupação com a saúde da natureza que os adultos de hoje não têm e provavelmente não virão a ter.
Renato Schroder
Porto Alegre – RS


Livro Vermelho
Apresentamos nossos cumprimentos pela matéria publicada na pág. 9 da edição Dez/98-Jan/99, sob o título: Animais em extinção-MG Livro Vermelho alerta: 178 espécies estão ameaçadas.
Desejamos realçar que a matéria deveria citar os nomes das instituições que patrocinaram a obra, que sem dúvida é uma grande contribuição científica.
Márcio Costa, Assistente Técnico de Ambiente e Qualidade – ASTAQ
cnbastq@prover.com.br 


Pequeno País Verde
Tenho o prazer de encaminhar à V. Sa., um exemplar do livro “Um Pequeno País Verde”.
Trata-se de um álbum de fotografias da Área de Proteção Ambiental da Serra de Baturité e tem como objetivo, mostrar a convivência harmônica do homem com a natureza, comprovada pela exuberância da flora, da fauna e os inúmeros sítios alí existentes.
Um texto da escritora cearense Rachel de Queiroz e do nosso governador Tasso Jereissati enriquecem o livro, através das recordações de infância e dos laços afetivos mantidos até hoje com a região.
Antônio Renato Lima Aragão – Superintendente da SEMACE,
Fortaleza – CE


Que tristeza
Tenho em mãos o exemplar de n0 89 da Folha do Meio, que mostra claramente a beleza de uma natureza preservada e bem tratada.
Desde criança sempre ouvi falar que os rios correm para o mar. Hoje, com muita tristeza, vejo e escuto que alguns deles mal conseguem se esgueirar pelas margens tentando chegar ao grande oceano. meu Deus! Será que está chegando o dia de se esperar sentado em alguma borda de barranco, as águas passarem? Tomara que não.
Jurandir Schmidt
Joinville – SC


Feliz 1999
Parabenizo vocês por este jornal maravilhoso em relação às questões ambientais. Por isso desejo a vocês um feliz Natal e um próspero Ano Novo. Feliz 1999.
Christian Mathias
Porto Velho – RO


Fundo
O Fundo Nacional do Meio Ambiente – FNMA que, desde 1990, apoia projetos comprometidos com a conservação dos recursos naturais e o desenvolvimento sustentável em todo o Brasil, está finalizando a primeira fase de funcionamento, tendo financiado cerca de 550 projetos em todo o Brasil.
Decorridos 12 meses da decisão do Comitê, vimos compartilhar, com as instituições parcerias, o resultado do trabalho desenvolvido. Neste período foi possível garantir a contratação de um novo empréstimo com o BID, da ordem de US$ 75 milhões.
Como um dos produtos, temos  adequação dos documentos de orientação e elaboração de projetos que serão disponibilizados a partir da segunda quinzena de janeiro, quando então, a Coordenação passará a receber novos projetos. Estes documentos serão distribuídos pelo correio ou poderão ser obtidos por meio da página eletrônica do Ministério (http://www.mma.gov.br)
Cecília Foloni Ferraz – Coordenadora Geral do FNMA
Brasília – DF


Li e gostei
Li com atenção a Edição de Dezembro/98 da Folha do Meio Ambiente. Gostei muito.
Jorge Jardim, Presidente da SISTEL
Brasília – DF


Reciclagem de lixo
Por meio desta venho lhes pedir instruções de como montar um projeto de Usina de Reciclagem de lixo, para uma cidade de  300.000 pessoas. Precisamos algo que fosse completo, com viabilidade econômica e tudo mais.
Ana Cristina A. C. Silva
Tatuí – SP


NR: sugerimos entrar em contato com a Secretaria do Meio Ambiente de São Paulo. Telefone: (011) 30306180 / 30306178


Filho da Terra
Hoje é imperativo que voltemos nossa atenção para as questões relacionadas ao mundo em que vivemos. Na sociedade contemporânea, ‘nossa casa’ – o planeta que habitamos – está na iminência de tornar-se inabitável, graças à nossa própria negligência. Entendemos ser tarefa de todos os seres humanos o cuidar da saúde de nossas casas, a ‘interior’ e a ‘exterior’:  a casa interior de nossos ‘eus’, e a exterior, do mundo no qual vivenciamos nosso cotidiano. Quando aprendermos a nos transformar internamente, começaremos a resgatar a nós mesmo e ao nosso planeta.
Núcleo de Meio Ambiente da Universidade Federal do Pará – UFPA
Belém – PA


Parque de Penedo
Como é do conhecimento de todos, o Parque Municipal Turístico de Penedo – PAMTEP foi criado pela Prefeitura Municipal de Itatiaia, com uma área total de 3.014 hectares. Esta área de proteção ambiental tem por objetivo preservar o meio ambiente e divulgar o turismo de nossa região.
Almir Dumay Lima – Prefeito do Município de Itatiaia
Itatiaia – RJ


Fonte
Estou recebendo a Folha do Meio que leio com muito interesse. Para mim vocês são uma fonte única de informação. Quero muito continuar a receber a Folha, sobretudo porque vou fazer mais reportagens para a BBC, fazendo mais viagens para o Brasil.
Sue Branford / sue.branford@bbc.co.uk 
Londres – Inglaterra


Andorinhas
Chegamos ao final de mais um ano de grandes realizações. Sem o seu apoio isto seria impossível. Em nome da Fundação Serra das Andorinhas agradecemos do fundo do nosso coração o apoio que recebemos.
Este cartão que você está recebendo foi feito pelas crianças das escolas da Vila de Santa Cruz e da Ilha de Campo como atividade do nosso projeto de Educação Ambiental. Para tanto as crianças utilizaram apenas materiais regionais e naturais como: areia, sementes, folhas, além de alguns materiais coletados no lixo. Eles também utilizaram colas naturais extraídas de plantas e pigmentos da floresta, o papel é reciclado e foi também elaborado por eles. O envelope também foi reaproveitado, assim estamos educando as pessoas, diminuindo a quantidade de lixo e minimizando o corte de árvores para a elaboração de papel.
Noé von Atzingen, Presidente da Fundação Serra das Andorinhas.
Marabá, PR


Dia da Terra
A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente do Município de Sorriso – MT  encaminha relatório das ações desenvolvidas em nosso Município, em razão do dia da Terra 30/11/98, com intuito de conscientizar os munícipes quanto a questão ambiental.
Nos sentimos lisonjeados em participar da Conferência Continental das Américas que realizou-se nos dias 30/11/98 à 03/12/98 em Cuiabá – MT, com 20 países, na qual tivemos a oportunidade de expor as ações realizadas e a proposição do município de Sorriso – MT à Carta da Terra, em anexo.
Ivânia Stramari, Coord. de Prog. Ambientais da Sec. Municipal de Agric. e  Meio Ambiente, Sorriso – MT


Verde Perto
Inicialmente parabenizo à Equipe responsável pela Folha do Meio Ambiente pela excelente qualidade das reportagens. Tive contato com este Jornal no I Encontro Nacional de Educação Ambiental, em Brasília, 1997. No início de 1998 mudei do Paraná, Maringá, para trabalhar como biólogo e assessor  na Prefeitura Municipal de Mucuri, extremo Sul da Bahia, ao lado do Coordenador de meio Ambiente do Município e tive a surpresa de encontrar uma coleção de mais de 50 exemplares da Folha do Meio, da qual temos feito grande proveito.
A partir de Outubro passado passamos a publicar o primeiro Informativo Ambiental de Mucuri, que está indo para o seu 30 número, o qual demos o nome de VERDE PERTO.
Em Dezembro concorri e fui aprovado no Mestrado de Meio Ambiente e Desenvolvimento da Universidade Federal de Alagoas (Estado onde nasci e vivi até os 16 anos).
Bem, tantos rodeios para o seguinte: pelo que percebi no site da FMA, vocês ainda não possuem um contato em Maceió – AL e aí pensei que… poderíamos pensar juntos numa possibilidade desta vaga ser preenchida em breve!!!
Cecil Maya Brotherhood Barros – Biólogo  lelio@wnet.com.br
Maceió – AL


Monografia
Meu nome é Vânia, sou estudante do 80 semestre de Relações Públicas do CEUB, e estou desenvolvendo minha monografia sobre a atuação das relações públicas do IBAMA na área de educação ambiental.
Acompanho a Folha do Meio e admiro o trabalho que fazem, inclusive já utilizei este jornal no meu trabalho. 
Gostaria de solicitar artigos, entrevistas, enfim, qualquer material que aborde a comunicação neste universo ambiental, principalmente se contiver uma abordagem sociológica ou global, e que não seja restrita a acontecimento ou fatos isolados.
Vânia Brandão, Estudante de RP, CEUB
Brasília – DF


Caracoles
Los caracoles polymintas son endémicos en la zona oriental de Cuba, viven en los cafetales, en las matas, las cuales beneficean pues destruyen, parasitos, hongos, etc que pueden dañar las plantas parecen flores, de las matas . Felicidades en el 1999, salud, exitos para udig todo el persunal de Folha do Meio.
Enrique Caparó
Ciudad de La Habana – CUBA


WWF-Amazônia
Recebi a última edição da Folha do Meio, onde vocês publicaram nosso esclarecimento sobre o editorial referente ao projeto de criação de novas áreas protegidas na Amazônia. Gostaria de agradecer o espaço privilegiado dado ao WWF, e me colocar à disposição para o que for necessário.
Ulisses Lacava
Ulisses@wwf.org.br


Outras Correspondências: CFEMEA (Brasília-DF); Ponto de Vista (Barro Preto – BH); BIAPDF (Brasília – DF); Informativo UFLA (Lavras – MG); Instituto Socioambiental (Brasília – DF); Sentinela dos Pampas Amigos da Terra (Natal – RN); Cristovam Buarque (Governador de Brasília – DF); Comitê das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Piracicaba – SP); CODEMA (Itabira – MG);Comité International Genève (Cruz Vermelha no Brasil); PROCISUR (Montevideo – URUGUAI); Gráficos Charbel (Brasília – DF); Nossa Folha (São Lourenço – MG); Movimento SOS Rio Poty (Crateús – CE); Projeto Parque Vivo (Fortaleza – CE); Ademir Andrade (Senador Federal, Brasília – DF); Newton Lins News (Manaus – AM); Informativo CFQ (Rio de Janeiro – RJ); InforMMA (Ministério do Meio Ambiente, Brasília – DF); Nutritiva (Rio de Janeiro – RJ); Jornal do Trópico Úmido (Belém – PA); OCEES (Vitória – ES); Oeste Notícias (Assis – SP); Centro de Cultura Indígena Guarani, Ambá, Arandú (São Paulo – SP); CREA-RJ (Rio de Janeiro – RJ); Milena Maria Lima Alves (Santa Quitéria – CE); Secretaria de Agricultura e Abastecimento (Uberaba – MG); UFPA (Belém – PA); Instituto Ecológico Aqualung (Rio de Janeiro – RJ); Jornal ANJ (Brasília – DF); Goiás Verde /Informativo de Superintendência do IBAMA em Goiás (Goiânia – GO); De Olho na Imprensa (São Paulo/SP); Deputado Aroldo Cebraz (Brasília/DF); Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro/RJ); Boletim Informativo da Mata Atlântica (Salvador/BA); Fanal (São Paulo/SP); Informativo Chão & Gente (Botucatu/SP); VivaVoz (Brasília/DF); Ford Brasil Ltda. (São Bernardo do Campo/SP); Catepillar (Piracicaba/SP); Entre Amigos (Joinville/SC); Revista Del Sur (www.revistadelsur.org.uy/Uruguay); Instituto Itaú Cultural (São Paulo/SP); Jornal UCB (Brasília/DF);  Jornal do Síndico (Brasília/DF); Bahia Negócios (Salvador/BA); Esso (Rio de Janeiro/RJ); Nilton Lins News (Manaus/AM); Porantim (Brasília/DF); Revista Del Sur (Montevideo/Uruguay); Movimento Ecológico (Rio de Janeiro/RJ);

Cartas

Com a palavra, o Leitor

8 de agosto de 2005

Bravo!Adorei a última edição da Folha do Meio, além das matérias de ecoturismo adorei a matéria sobre a Antártica (com pesquisa de grafia e tudo, muito chique!) para onde pretendo ir fazer uma matéria especial para a TVE.Bravo! Corajoso e encorajador o seu editorial, especialmente nestes tempos em que perseverança e paciência não são qualidades… Ver artigo


Bravo!
Adorei a última edição da Folha do Meio, além das matérias de ecoturismo adorei a matéria sobre a Antártica (com pesquisa de grafia e tudo, muito chique!) para onde pretendo ir fazer uma matéria especial para a TVE.
Bravo! Corajoso e encorajador o seu editorial, especialmente nestes tempos em que perseverança e paciência não são qualidades muito cultivadas.
Na eterna batalha pela “preservação da espécie” desejo que você, Silvestre, e sua equipe continuem sempre encantando com sua bem sucedida e triunfante Folha do Meio. Parabéns! mas parabéns mesmo e feliz 100 aniversário.
Jornalista Paula Marquez
Brasília-DF


10 anos
Parabéns a toda equipe que faz a Folha do Meio Ambiente pelo sucesso alcançado.
Vitor Afonso Hoeflich – Pesq. do Centro Nac. de Pesq. de Florestas e prof. da Univ. do Paraná – Colombo-PA


Gás Natural
Como defensor do meio ambiente, profissional da área de energia e assinante, venho comunicar o meu aborrecimento em relação à matéria sobre o gás natural. Concordo, que comparado a alguns combustíveis, a opção pareça muito favorável (mesmo sendo quase tão ruim quanto os outros na questão do efeito estufa). Entretanto, como já manifestei em cartas anteriores, deveríamos priorizar a conservação de energia, (na qual temos um potencial gigantesco) e as fontes alternativas de energia. O movimento ambientalista brasileiro manteve-se muito dissociado das questões energéticas e acredito que os veículos de comunicação devem priorizar a divulgação de informações e opções viáveis economicamente e infinitamente superiores ao gás natural em termos ambientais.
Temos de lutar por opções realmente ambientalistas como a energia solar (extremamente viável no caso do aquecimento de água), a energia eólica, os pequenos potenciais hidrelétricos, a biomassa. Se continuarmos nesse ritmo, daqui a pouco vai ter ambientalista defendendo ANGRA III.
Lúcio Mesquita – Agência Energia
aenergia@bhnet.com.br


Cada um por todos
Queridos confrades ambientalistas, novamente me dirijo a vocês em agradecimento por ter em mãos a Folha do Meio.
O grande bem de todos é feito nos pequenos sacrifícios de cada um. O padrão do cidadão moderno é um ser omisso, individualista em relação ao coletivo, ao trabalho em equipe, porém ágil no exercício do seu próprio interesse.
Em nenhuma outra fase ao longo da história da sua evolução, o homem esteve tão inquieto e angustiado quanto agora. Na sua ânsia de libertação investe milhões na busca de outros planetas, enquanto poluições de todos os gêneros afetam a humanidade, populações inteiras são dizimadas pela fome e miséria em todos os sentidos.
O desequilíbrio da humanidade já é realidade, o esgotamento dos recursos é uma previsão de sofrimento para o futuro próximo. Continuamos sem dar prioridade para o necessário e urgente. Como vemos, a natureza inspira cuidados profundos, respeito e consciência plena de que a hora já é tardia e é tempo de acordar para a vida, valorizando cada instante que Deus nos deu.
Cristian Diovane Alves
Cachoeirinha-RS


Degrémont
Estamos enviando um exemplar do jornal Degrémont, editado por nós para a Degrémont Sistemas de Tratamento de Águas, empresa líder em seu segmento. A empresa está expandindo atividades e trazendo novas tecnologias para o Brasil. Esperamos que o conteúdo desta edição do Degrémont seja útil.
Cristina Toletti e Antônio L. C. Geremias – X-Press Assessoria em Comunicação
São Paulo-SP


Clubinho da Tartaruga
Venho solicitar, cordialmente, que o Clubinho da Tartaruga receba a Folha do Meio Ambiente, sendo esta um informativo imprescindível em nossa literatura.
Este é um clubinho muito especial que tem o objetivo de reunir crianças para ajudar o Centro Nacional dos Quelônios da Amazônia – CENAQUA a preservar e conservar o nosso maior patrimônio: a natureza. Foi criado no dia 5 de junho de 1998 e já conta com a participação de crianças de todo o Brasil.
Aline Ferraz dos Santos – Bióloga da Secret. Executiva do Clubinho da Tartaruga – Rua 229, n0 100 – Setor Universitário – Cep: 74605-090 – Telefax: (062) 223-9216 – Goiânia-GO


Embarcações que poluem
Na edição de outubro/98 da Folha do Meio Ambiente, coluna “Boca no Trombone”, o leitor Paulo Roberto e Souza, da cidade de Tefé-AM, alerta para o problema ambiental do lixo proveniente das embarcações que navegam nos rios amazônicos. Informamos que desde 1993, desenvolvemos o projeto “O LIXO DESCARTÁVEL/RECICLÁVEL NOS  RIOS DA AMAZÔNIA”, levando a vários locais da Amazônia pesquisas e campanhas educativas sobre este problema.
Para desenvolver nossas atividades, temos contado com o apoio fundamental de instituições como o Banco da Amazônia, Sebrae-PA, Petrobras, E&P da Amazônia, Sectam, dentre outras. O problema do lixo nos rios da Amazônia é gravíssimo, pois 95% de sua composição é de objetos descartáveis, como copos, garrafas, sacos, pratos e talheres de plásticos, latas de alumínio e garrafas de vidro, que demoram centenas de anos para se decomporem, podendo causar problemas como assoreamentos, doenças e também interferir na fauna e flora aquática.
Gostaríamos de aproveitar a oportunidade e parabenizar a todos da Folha do Meio Ambiente, pelo excelente trabalho.
Emanoel Itamar de A. L. Júnior – pres. em exercício da Soc. de Pesq. e Preserv. da Amaz. (ONG)
Belém-PA


NR: Veja matéria na página 11 desta edição.


Novos Materiais
Venho por meio desta solicitar informações sobre material publicado por vossa organização, a fim de incrementar e incluir novas publicações para pesquisa em meu acervo. Sou formada no curso de biologia e tenho grande interesse na fauna e flora brasileira. Também trabalho na área de educação e orientação ambiental nos Projetos Universidade Solidária (Regional e Nacional).
Fabiana Cleci Ribas
Caxias do Sul-RS


NR: No momentro publicamos apenas a Folha do Meio Ambiente, um jornal mensal, e que completa agora 10 anos.


Educação Ambiental
Recebi durante um ano esse jornal na Delegacia de Ensino de Lençóis Paulista, SP. Foi de grande utilidade para o trabalho de educação ambiental que lá desenvolvi. Agora voltei para minha cidade, Jaú, e continuo fazendo o mesmo trabalho. Gostaria de enviar-lhes uma cópia do projeto com fotos e relatório para vocês. Continue com a boa qualidade do jornal, ele é muito útil para todos aqueles que sonham com um planeta melhor.
Anamaria S. Ravagneni
Jaú – SP


Fonte
Durante o período em que fui editora-geral do Jornal de Natal tive a honra de ser brindada com várias publicações da Folha do Meio Ambiente, cujo conteúdo foi de inestimável utilidade para nós. Como mudei de empresa, gostaria de continuar a merecer sua atenção quanto ao envio desta publicação.
Nadja Lira – Ed. Geral do Jornal Mens. da Zona Sul
Natal-RN


Uberaba
Estou recebendo, assiduamente, a Folha do Meio. O jornal tem sido de importância capital para os meus trabalhos, quer como Vice-presidente da FIEMG, no Vale do Rio Grande, quer como presidente do Conselho Regional de Desenvolvimento Industrial do Vale do Rio Grande, quer ajudando na programação junto ao meio ambiente, com a Secretaria de Planejamento da Prefeitura Municipal de Uberaba. Parabéns pelo trabalho.
José Maria Barra – Engenheiro Civil
Uberaba-MG


Assinatura
Conheci a Folha do Meio durante um aperfeiçoamento para professores de biologia UFRN. Gostaria de receber informações sobre a assinatura. Desde já agradeço a atenção.
Sebastião Gilton Dantas
Parelhas-RN


NR: Assinar a Folha do Meio é fácil e barato. Preencha o cupom da página 6, deposite os R$ 18,00 na conta n0 459053-8, Agência 2872-X – Banco do Brasil. Ou  através do cartão American Express. Mande comprovante do depósito para o fax (061) 321-7357.


Questões ambientais
Sinto-me muito feliz em ver que as questões ambientais podem contar com jornalistas engajados como os da Folha do Meio Ambiente, uma vez que a mídia reserva muito pouco espaco para o tema.
Faço parte de uma recem criada ONG ambientalista que não conta com muitos recursos, principalmente financeiros, entretanto tem muita vontade de lutar cada vez mais por um Planeta mais sadio, onde as pessoas e a natureza possam viver em harmonia.
José Neydson S. Eloy – Coordenador Técnico do Grupo Ecológico Cariris
Santa Terezinha  – BA


Defensor da Natureza
Sou admirador da Folha do Meio. Gostaria de fazer a assinatura para meus filhos solicitando a Carteirinha de Defensores da Natureza para eles. Queria ver a forma de pagamento e os dados dos meninos são: Ramiro Gustavo Valera Camacho Júnior e Eduardo Augusto Valera Camacho.
Ramiro Gustavo Valera Camacho
Mossó-RN


NR: Cada assinatura dá direito a uma carteirinha. A carteirinha extra custa R$ 4,00.


Planaltina
Temos a honra de convidar V. Sa. juntamente com seus amigos, para participar do Forum de Debates “Implantação da Área de Proteção Ambiental da Lagoa Formosa e Preservação Ambiental do Município” que se realizará no dia 19 de março de 1999, às 15:00 horas, na Câmara Municipal de Planaltina.
José Leocádio Catarina – Superintendente de Meio Ambiente
Planaltina-GO


Outras correspondências: Porantim (Brasília-DF); Parabólicas (São Paulo-SP); Jornal da Açominas (Ouro Branco-MG); Impresso Entre Amigos (Joinville-SC); Boletim WWF (Brasília-DF); Philips (São Paulo-SP); Imam (São Paulo-SP); Senador Ademar Andrade (PSB/Brasília-DF); Nossa Folha (São Lourenço-MG); Boletim Mata Atlântica (Salvador-BA); Fêmea (Brasília-DF); Arquidiocese de Niterói (Niterói-RJ); Jornal da ABI (Rio de Janeiro-RJ); IBRD-The Wold Bank (Washington-DC); ANDI – Agencia de Noticias dos Direitos da Infancia (Brasilia-DF); Informativo Fupef (Paraná-PR); Jornal O Ouvidor (Santa Isavbel-SP).