tartarugas

Nos EUA, voluntários salvam quase 5.000 tartarugas do frio; veja vídeo

18 de fevereiro de 2021

Animais ficaram paralisados com a onda de frio e foram levados para um centro de convenções, onde ficarão até que a temperatura suba.

Por G1

 

Imagem de centro de convenções com tartarugas marinhas da costa do Texas, em 17 de fevereiro de 2021 — Foto: Ed Caum/Divulgação/Via Reuters

Imagem de centro de convenções com tartarugas marinhas da costa do Texas, em 17 de fevereiro de 2021 — Foto: Ed Caum/Divulgação/Via Reuters

 

Milhares de tartarugas marinhas apareceram nas praias de uma ilha na costa sul do Texas por causa da onda de frio que atinge o estado e a região sul dos Estados Unidos.

Moradores da região se voluntariaram e levaram 4.700 animais para um centro de convenções. As tartarugas foram colocadas em banheiras em locais fechados, até que a água do mar esteja mais quente para soltá-las.

“É um acontecimento sem precedente”, disse Wendy Knight, diretor-executivo do centro de pesquisas Sea Turtle Inc, que comanda a campanha. Ele afirmou que em um inverno comum, o número de tartarugas que aparece nas praias é de 100 a 500.

Milhões de pessoas do Texas estão sem aquecimento residencial, porque há falta de energia no estado. A rede de transmissão e distribuição de energia teve problemas com as temperaturas muito mais baixas que a média.

Em vídeo, é possível ver o piso do centro de convenções com diversas tartarugas. Voluntários as levam em carrinhos.

Ed Caum, diretor-executivo do centro de convenções, afirma que as tartarugas estão paralisadas pelo frio. Os animais de sangue frio têm isso: eles não conseguem se mover quando a temperatura do ambiente cai muito.

Ele disse que a energia e a água voltaram a ser fornecidas na quarta-feira (18).