Oceanos

Baleias jubarte ficam perdidas em um rio infestado de crocodilos na Austrália

13 de setembro de 2020

Segundo o serviço de parques australianos, duas das três baleias parecem ter retornado ao mar. A outra segue sendo monitorada.

 

 

Imagem recebida em 12 de setembro, feita pela Dra. Carol Palmer, do Governo do Território do Norte da Austrália. — Foto: AFP / NORTHERN TERRITORY GOVERNMENT / CAROL PALMER

Imagem recebida em 12 de setembro, feita pela Dra. Carol Palmer, do Governo do Território do Norte da Austrália. — Foto: AFP / NORTHERN TERRITORY GOVERNMENT / CAROL PALMER
 
 
 
 
Três baleias jubarte, uma espécie que normalmente viaja até a Antártica nesta época do ano, tomaram a direção errada e se perderam em rios infestados de crocodilos no norte da Austrália, informou o Departamento de Parques Nacionais.
 
Embora as baleias sejam vistas na costa australiana, esta parece ser a primeira vez em que uma delas é observada nos rios tropicais da imensa reserva natural declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.
 
Os crocodilos não são ameaça para as baleias, devido ao tamanho, mas há risco de encalhe.
 
 
 
Baleia jubarte em águas brasileiras, mesma espécie que foi vista na Austrália. — Foto: Reprodução/ TV Gazeta
 
Baleia jubarte em águas brasileiras, mesma espécie que foi vista na Austrália. — Foto: Reprodução/ TV Gazeta
 
 
 
 
Segundo o serviço de parques australianos, duas das três baleias parecem ter retornado ao mar.
 
 
As autoridades monitoram uma terceira baleia que foi observada neste sábado (12), 20 quilômetros acima do East Alligator River dentro do Parque Nacional de Kakadu, informou à AFP um diretor do parque, Feach Moyle.
 
 
Zona de exclusão
 
As autoridades do parque estabeleceram uma zona de exclusão para proteger os navegantes e as baleias, que podem alcançar 16 metros de comprimento e pesar até 30 toneladas.
 
O risco é que os barcos empurrem ainda mais os animais para dentro do rio.