Dia Mundial da Água 2019

8ª EDIÇÃO DA CORRIDA E CAMINHADA PELA ÁGUA ENCERRA SEMANA DE EVENTOS DA ADASA

24 de março de 2019

      Mais de cinco mil pessoas participaram na manhã deste sábado (23/3) da 8ª Edição da Corrida e Caminhada pela Água. A competição, promovida pela Agência Reguladora de Águas, Energia e         Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa), em parceria com a Agência Nacional de Águas (ANA), fecha a programação da… Ver artigo

 

 

 

Mais de cinco mil pessoas participaram na manhã deste sábado (23/3) da 8ª Edição da Corrida e Caminhada pela Água. A competição, promovida pela Agência Reguladora de Águas, Energia e         Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa), em parceria com a Agência Nacional de Águas (ANA), fecha a programação da Semana da Água 2019. A prova de 5 quilômetros foi realizada no Parque      da Cidade.
 
Participaram da competição, atletas experientes, amadores, pessoas com deficiência (PCD), crianças e corredores da 3ª idade, conscientes do compromisso do uso racional da água.
 
O presidente da Adasa, Paulo Salles, foi quem deu a largada. Para ele, a corrida é mais uma ferramenta que contribui com a educação ambiental. “A última edição da prova aconteceu durante a   realização  do 8° Fórum (Mundial da Água). Acredito que quando as pessoas viram toda aquela movimentação, com atrações e presença de autoridades de todo o mundo, em torno da discussão pela   água, ficaram tocadas. Além disso, a transparência que a Agência propiciou, durante todo o processo da crise hídrica, foi fundamental para que a população compreendesse o que estava acontecendo e   aderisse às boas práticas. Tenho certeza que a consciência das pessoas que estão aqui hoje é muito maior. São cinco mil pessoas pensando na água neste momento”, ressaltou.
 
 Além do objetivo de despertar, por meio do esporte, o uso consciente dos recursos hídricos, a Corrida e Caminhada pela Água colabora com entidades socioassistenciais do DF. Este ano, as duas   toneladas de alimentos doados voluntariamente pelos competidores, no momento da retirada do kit atleta, foram encaminhas para o Banco de Alimentos da Central de Abastecimento do DF (Ceasa- DF).   A parceria entre a Adasa e Ceasa ocorre dentro do Programa Doação Simultânea (PDS), onde o Banco fica responsável pela distribuição dos alimentos para sua rede de entidades cadastradas.
 
“Além dos benefícios para saúde, o esporte integra e ensina as pessoas tanto a competir como a colaborar”, concluiu Salles.
 
Participaram também da competição, o diretor da Adasa, Jorge Werneck e a diretora-presidente da ANA, Cristiane Dias Ferreira.     
 
 
Veja a lista dos primeiros colocados da 8ª Edição da Corrida e Caminhada pela Água :
 
Categoria masculina: Fábio Serra (1° lugar), Edson Ferreira Damasceno (2°) e Arlann de Sousa Ferreira (3° lugar).
 
Categoria feminina: Luciene de Jesus (1º lugar), Márcia Vieira (2º lugar) e Franci Menon (3° lugar).
 
Categoria PCD masculina: Jesús Martínez Santos (1º lugar), Antônio Cleudes (2º lugar) e João Pereira Batista (3º lugar).
 
Categoria PCD feminina: Maria Terezinha Franco (1º lugar).
 
 
Competição consciente
 
Jesús Martínez Santos, finalista da categoria PCD, pelo segundo ano consecutivo, acredita que a cada competição o número de corredores engajados com a questão ambiental é maior. Martínez, que participa há três anos da Corrida pela Água, conta que durante o período do racionamento, os moradores do seu prédio se mobilizaram para ajudar vizinhos idosos e pessoas com deficiência, que não conseguiam reaproveitar e armazenar a água em casa “Enchíamos baldes e realizávamos tarefas para eles. Acho que a crise hídrica tornou as pessoas mais solidárias, uma vez que todos perceberam que sem água nenhum de nós vive”, afirmou o atleta, de naturalidade espanhola. “Cresci num país onde existe a cultura de poupar água e a consciência de que ela é um bem finito”, acrescentou.  
 
A atleta Terezinha Franco, primeiro lugar na categoria PCD feminino é veterana na Corrida e Caminhada pela Água. A corredora de 67 anos, participou de todas as edições do evento. O  troféu que ganhou nesta última prova é o centésimo que leva, desde que começou a correr, em 2004. “Percebo que na Corrida das Águas os atletas são mais preocupados em não sujar a rua. Não vejo ninguém jogando copo no chão, o evento é limpo e isso é muito bom para todos”, disse.
 
O primeiro lugar da categoria masculina, Fábio Serra, aproveitou a oportunidade de participar gratuitamente da corrida para voltar a competir, depois de 16 anos parado. O atleta já correu em outros estados e até mesmo fora do país. “Estou feliz em estar aqui na primeira corrida pela água após o fim do racionamento. Aprendi muito durante o período que vivemos, lá em casa utilizamos água da chuva para lavar o chão e a roupa, me tornei uma pessoa mais consciente”, disse orgulhoso.  
 
Luciene de Jesus conquistou o primeiro lugar na categoria feminina em sua estreia na Corrida e Caminhada pela Água. “Vim aqui para correr pela água”, disse a atleta.  
 
A corrida teve o apoio do Governo de Brasília (GDF).
 
 
Adasa e Caesb
 
A Adasa também participou neste sábado da comemoração do Dia Mundial da Água, pela Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), na Praça da Orla do Paranoá. O evento foi aberto pelo presidente da Caesb, Fernando Leite, e pelo diretor-presidente da Adasa, Paulo Salles.
 
O programa de educação ambiental, Adasa na Escola, e sua personagem lúdica, Gotita, participaram da comemoração, na orientação às crianças sobre o uso racional da água.
 
 
 
Resultado de imagem para corrida adasa