Natureza

Foca resgatada com desidratação é reinserida na natureza nos EUA

25 de março de 2020

Apelidada de Amélia Bedélia, a foca ficou 3 semanas sob os cuidados no Aquário Nacional, em Baltimore.

 

 

A foca Amélia Bedélia rasteja até o mar em Salsbury, Maryland, nos EUA, ao ser reinserida na natureza após 3 semanas de reabilitação — Foto: Theresa Keil/The National Aquarium via AP

A foca Amélia Bedélia rasteja até o mar em Salsbury, Maryland, nos EUA, ao ser reinserida na natureza após 3 semanas de reabilitação — Foto: Theresa Keil/The National Aquarium via AP
 
 
 
 
 
Uma foca resgatada com desidratação severa foi tratada e devolvida à natureza pelo Aquário Nacional dos EUA em Salisbury, Maryland (EUA).
 
Apelidada de Amélia Bedélia, ela foi liberta na última terça-feira (17), após 3 semanas de reabilitação no aquário, que fica em Baltimore.
 
Amélia, uma foca harpa, foi a primeira de três focas resgatadas pelo aquário na última temporada a serem reinseridas no habitat natural. Seguem sob a atenção de cuidadores Huckleberry Finn, uma foca-cinzenta resgatada no Parque Estadual de Assateague, e Pippi Meialonga, outra foca cinzenta recolhida em Dewey Beach.
 
O aquário apelidou os animais com nomes de personagens infantis famosos nos EUA. Assim como Amélia, Huckleberry e Pippi serão reinseridos assim que estiverem com saúde satisfatória.
 
 
 
Cuidadora liberta a foca Amélia Bedélia na praia em Salisbury, Maryland, nos EUA, ao ser reinserida na natureza após 3 semanas de reabilitação — Foto: Theresa Keil/The National Aquarium via AP
 
Cuidadora liberta a foca Amélia Bedélia na praia em Salisbury, Maryland, nos EUA, ao ser reinserida na natureza após 3 semanas de reabilitação — Foto: Theresa Keil/The National Aquarium via AP