ICMBio

ICMBio completa 13 anos nesta sexta-feira (28)

28 de agosto de 2020

Vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, Instituto tem a missão de executar as ações do Sistema Nacional de Unidades de Conservação.

 

 

Parna Chapada Veadeiros Leonardo Milano reduzida

Parque da Chapada dos Veadeiros (Foto: Leonardo Milano)
 
 
 
 
O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) completa 13 anos nesta sexta-feira. Criado dia 28 de agosto de 2007, pela Lei 11.516, o órgão é vinculado ao Ministério do Meio Ambiente. Cabe ao Instituto executar as ações do Sistema Nacional de Unidades de Conservação, podendo propor, implantar, gerir, proteger, fiscalizar e monitorar as unidades de conservação (UCs) federais instituídas pela União. Ainda, o ICMBio tem a missão de fomentar e executar programas de pesquisa, proteção, preservação e conservação da biodiversidade, além de exercer o poder de polícia ambiental para a proteção das 334 UCs.
 
O Instituto faz parte do Planejamento Estratégico Integrado do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e de suas entidades vinculadas, com horizonte temporal de 2020 a 2023, que tem como missão "formular e implementar políticas públicas ambientais visando proteger o meio ambiente e promover o desenvolvimento socioeconômico sustentável". Isso se dá por meio da gestão de unidades de conservação federais, da promoção do desenvolvimento socioambiental das comunidades tradicionais nas UCs de uso sustentável, da pesquisa e gestão do conhecimento, da educação ambiental e do fomento ao manejo ecológico.