Aves brasileiras

27 de setembro de 2005

Johan Dalgas Frisch lança um livro definitivo sobre todas espécies de aves brasileiras e plantas que as atraem


Fotos: Os dois livros “Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem” e “Aves Brasileiras – Minha Paixão” serão lançados em 5 de outubro, no Dia da Ave


OBRAS DO AUTOR –  Dalgas Frisch lançou seu primeiro disco “Cantos de Aves do Brasil” em 1962.  Depois lançou mais quatro discos: “Vozes da Amazônia”, que inclui o canto do uirapuru, “Sinfonia das Aves Brasileiras”,  “A Ave, a Selva e a Melodia” e “Aves Brasileiras”.
É de sua autoria também dois tipos de relógios com cantos de aves, que acompanham os livros “Doze Cantos do Brasil” e “Cantos Harmoniosos da América”. Em 1994, lançou com seu filho Christian o livro “Jardim dos Beija-flores”.


Como e onde adquirir os livros – Os livros “Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem” e “Aves Brasileiras – Minha Paixão” podem se adquiridos nas principais livrarias do Brasil ou diretamente com o autor, no seguinte endereço:
Praça Uirapuru, 20 –
05675-030 – São Paulo – SP
Fones: 55 + + (11) 3814-8000
fax: 55 ++ (11) 3815-3693
E-mail: dalgas@uol.com.br 


O menino sonhador


Silvestre Gorgulho


Era uma vez um menino que vivia de sonhar.
Ele tinha o gen do sonho na alma.
Seu bisavô, Enrico Mylius Dalgas, foi um sonhador: plantou todas as florestas da Dinamarca.
Seu pai, Svend, foi outro sonhador:
desenhou todas espécies de aves brasileiras.
E ele, aos 5 anos de idade, aprendeu a sonhar: assobiava os cantos das aves
que viviam no jardim de sua casa.


Seus sonhos sempre tinham floresta no meio.
Ele sonhava com o zumbido do vento,
com o tilintar das folhas secas que caíam,
com o som das cachoeiras e com a beleza das aves.
Cresceu sonhando com a natureza.
De tanto sonhar, aprendeu que cada floresta
tinha um som diferente,
porque tinha ruídos diferentes,
porque tinha cantos diferentes e
porque tinha vida diferente.


Aí resolveu cair na realidade e conhecer
todas as florestas brasileiras. Uma a uma.
Visitou a Mata Atlântica, os Campos do Sul,
a Caatinga, o Cerrado, o Pantanal e
a Floresta Amazônica.
Quanto mais se embrenhava na floresta, mais sonhos ele tinha.
Sonhos que viraram paixão.
Aí sua alma se mudou para os campos e
ele se apaixonou de vez pelos pássaros,
os habitantes mais alegres e
mais charmosos das florestas.


Era uma vez um menino que sonhou a vida inteira e, aos 75, ainda não acordou.
Ainda sonha que os homens façam pelas aves,
o que fazem por si próprios.
Sonha que as cidades respeitem mais estas jóias da natureza dando-lhes maior proteção, comer e beber.
Sonha, ainda, em viver eternamente apaixonado e que esta paixão escorra das páginas deste novo livro para dentro dos olhos, das mãos e
da alma de cada um dos habitantes desta bendita Terra que possui a maior biodiversidade do mundo.


Johan Dalgas Frisch deixa na sua história de menino-passarinho muitas mensagens.
A melhor delas: vida sem paixão é vida que se vai como folha seca de uma árvore que cai.
Vida com paixão é vida que se vive intensamente, prazerosamente e que deixa um rastro de luz
para iluminar eternamente nossas pegadas.


Era uma vez um menino que vivia de sonhar e
seus sonhos tinham sempre floresta,
paixão e o cantar fantástico, doce e
melodioso das Aves Brasileiras.


As surpresas da edição


O livro “Aves Brasileiras” além de mostrar um grande número de aves não incluídas na edição anterior, totalizando cerca de 1800 espécies, guarda muitas surpresas. Foi feita uma inédita padronização etimológica de todas as aves apresentadas, somando-se ainda informações como o tamanho e nomes populares;
Foram traduzidos, ora do grego, ora do latim, todos os nomes científicos de gêneros e outros 1800 de espécies, para dar o genuíno significado da descrição do ornitólogo responsável;
Foi utilizada a nova lista sistemática das ordens, famílias, subfamílias e, eventualmente, tribos, baseada na classificação molecular (por análise do DNA).
Os mapas mostram a região de maior incidência de cada espécie. São apresentados, ainda, fotos das flores, árvores e arbustos que mais atraem cada tipo de ave. (Ao lado, uma mostra do detalhamento sobre pintassilgo e carinho-da-terra).