Boca no Trombone!

14 de fevereiro de 2009

Barreiro em São Pedro da Aldeia“Somos moradores do parque Arruda do município de São Pedro da Aldeia, na região dos Lagos, no estado do RJ. Já fizemos várias denúncias na Prefeitura e ninguém tomou providências para nos ajudar. Próximo de nossas casas tem um barreiro totalmente irregular, sem licença ambiental.  Para tirar a argila, a… Ver artigo

Barreiro em São Pedro da Aldeia
“Somos moradores do parque Arruda do município de São Pedro da Aldeia, na região dos Lagos, no estado do RJ. Já fizemos várias denúncias na Prefeitura e ninguém tomou providências para nos ajudar. Próximo de nossas casas tem um barreiro totalmente irregular, sem licença ambiental.  Para tirar a argila, a empresa deixa grandes crateras. Pior que as crateras acabam virando lago, favorecendo a reprodução do mosquito da dengue e outras doenças. Não há fiscalização, não há autoridade que dê jeito e não há vontade política para resolver o grave problema.
Denúncias já fizemos para todos os lados, mas ninguém toma providência. Só nos resta alertar este jornal que sempre está do nosso lado. Por favor, avisem ao Ibama, ao Ministério do Meio Ambiente, ao ministro Carlos Minc, ao presidente Lula, porque não é possível continuar nesta situação.”
São Pedro de Aldeia – RJ
moradores do arruda@www003.centralserver.com.br


Desmatamento
“Enquanto as madereiras e pecuaristas sustentarem os interesses políticos de vários candidatos a deputado, a senador, a prefeito, a governador e até a Presidente da República, nós não vamos terminar o ciclo vicioso do desmatamento da Amazônia. Esta é a verdade mais cristalina que existe e que nem o ministro Mangabeira Unger ainda acreditou”.
Caio P. Queiroz Santos – Manaus – AM



Lixo nas ruas
“A questão não é de cidadania, muito menos de civilidade e até de falta de educação. A questão é de vergonha na cara, de fiscalização e de multa. Não é possível o brasileiro de classe média respeitar as leis quando viaja para a Alemanha ou Estados Unidos e aqui dentro do País mandar tudo às favas. Falo em reslação ao lixo e em relação ao trânsito. O motivo é simples: lá tem fiscalização e dói no bolso ser sujismundo. Aqui noBrasil vem o gari, à noite, e limpa tudo. O que acontece nas praias brasileiras é uma vergonha ao quadrado. Êta povinho bom de sujeira”,
Sérginho Belmonte – Rio de Janeiro – RJ



No pé dos novos prefeitos
“Seria bom que todos os que votaram nesta última eleição começasse a fiscalizar os eleitos. Muito deles, por enquanto, só sabem jogar a culpa no governo anterior. Esquecem que eles já estão governando há mais de um mês. E o que fizeram pela população? Estão cumprindo as promessas de campanha? Estão sendo gerentes da cidade? O eleitor tem que ficar no pé de cada prefeito, de cada vereador eleito. Fazer marcação cerrada”.
Carlos Renato Souza Júnior – Maringá – PR