Cartas

Com a pala­vra, o leitor

25 de maio de 2009

Folha do Meio 20 anosGratidão ao Criador e parabéns pelo aniversário da Folha do Meio Da pequenez nasce a grandeza, da humildade nasce a nobreza, e a Folha do Meio há 20 anos nasceu para proteger a Natureza.Pioneira, ela vai longe levando tudo de bom, e lembra muito a criação de  uma  pessoa  mineira,  bem brasileira,chamada… Ver artigo

Folha do Meio 20 anos
Gratidão ao Criador e parabéns
pelo aniversário da Folha do Meio
 
Da pequenez nasce a grandeza,
da humildade nasce a nobreza,
e a Folha do Meio há 20 anos
nasceu para proteger a Natureza.
Pioneira, ela vai longe levando tudo de bom,
e lembra muito a criação
de  uma  pessoa  mineira,  bem brasileira,
chamada Alberto Santos Dumont.
O avião faz a aproximação
e vai voando para o progresso
e a Folha do Meio é a lição preservação…
Folha do Meio, 20 anos alertando
 que Deus se importa com as vidas que criou!
Anne Caroline Barbosa de Paula Lima,
16 anos – Colégio João Alfredo
RJ amoanatureza_92@hotmail.com


20 ANOS
Sou leitor da Folha do Meio desde 1992. Conheci do jornal na Conferência Mundial do Meio Ambiente, RIO-92, realizada pela ONU no Rio de Janeiro. Lembro-me muito bem da capa, pois há pouco tempo ainda usei o jornal para dar uma aula sobre o conceito de sustentabilidade.
Queria apenas cumprimentar toda a equipe do jornal e dizer que vocês sobreviveram – não sei como – a estes 20 anos de um jornalismo sério, com posições sensatas e muito trabalho de cidadania. Tenho certeza que não foi fácil. Nem em vão! Vocês tratam da questão ambiental como um processo, uma mudança cultural.
Carminha Nogueira –
Rio de Janeiro-RJ


Darwin X cristianismo
Atribui-se a Darwin, Lamarke, Wallace e a tantos outros a Teoria da Evolução, pouco importa o mérito da questão, o que nos importa é uma comparação exdrúxola e estúpida, comparar o darwinismo com o cristianismo, de onde vem tamanha imbecilidade? Ainda não apareceu ninguém que inventasse um remédio contra a evolução da estupidez? O Cristo vem e prega a sua máxima que  é ética: o amor(é posssivel) entre os homens. Vem “Darwin” e prega a sua teoria que é científica: o homem se origina no antropóide. Ora, senhor Deus dos cretinos, que tem uma coisa a haver com a outra que merece uma comparação tão ignominiosa? Se o tiro é contra o judaismo: Adão e Eva, são figuras arquétipas.  Não precisa ler, basta pensar, é lógico.
Cláudio Vianna  laudioyan@hotmail.com
Salvador – BA


Material pedagógico
Sou educadora ambiental e chegou em minhas mãos uma cartilha chamada “A água nossa de cada dia”,  editada pelo Movimento de Cidadania pela Águas. Como a FMA já fez várias reportagens sobre o Movimento, gostaria de saber como conseguir mais exemplares dessa cartilha. Caso vocês tenham material que possa contribuir para as aulas, também nos interessa. Trabalhamos com turmas de desde infantil até o ensino médio. Grata desde já.
Nadir
colombarinadi@hotmail.com


Relógio do Dalgas
Vi o anúncio dos livros e do relógio de Johan Dalgas Frisch na edição da Folha do Meio Ambiente. Quero muito comprar o relógio com os cantos dos pássaros brasileiros. Gostaria de ter as informações para adqui-lo bem como o preço e diâmetro.
Rosana A. Carioni <rosanacarioni@hotmail.com>
NR: Rosana, obrigado pelo email e pelo interesse no trabalho maravilhoso do ornitólogo Dalgas Frisch. O telefone do escritório do Dalgas, em SP, é: (11)38154534 e o email dele é: birte@uol.com.br  veja também o site: www.avesbrasileiras.com.br


Crônicas
Cheguei até vocês pela Revista do CRA e me interessei muito pelo objetivo do site. Além de administradora, sou escritora e gostaria de saber se vocês tem interesse em publicar crônicas com temas voltados a consciência ambiental.
Beatriz Vieira  beatrizlv@uol.com.br>
http://www.cartasaoavesso.blogspot.com


Marrocos
Quero agradecer à redação que teve a gentileza de me enviar a Folha do Meio Ambiente. Sou extremamente grato e quero parabenizar toda equipe pelo trabalho realizado.
Mohamed Louafa 
Embaixador do Reino de
Marrocos – Brasília – DF


Caçada digital
Fiquei impressionada com a reportagem Índios on line e com os depoimentos dos índiosnHenety e Laisa Kaingang. Esta caçada digital me surpreendeu e me mostrou um mundo que não tinha ideia. Que bom que os índios já usam computador, usam a internet e câmeras fotográficas como ferramenta para buscar soluções para seus povos. Sou professora primária e a reportagem me deu uma oportunidade de ouro para trabalhar com meus alunos. Foram três aulas muito proveitosas. Parabéns pela edição do Dia do Índio.
Professora Justina M. Ferreira  Ribeirão Preto – SP


Terena
O Marcos Terena é mesmo índio? Seu artigo sobre “Quem descobriu o Brasil” nesta edição de abril é muito interessante. Gostaria muito de entrar em contato com ele, caso ele seja índio. Pelo seu texto me pareceu ser um antropólogo ou um indigenista. Parabéns pelo jornal e pelas reportagens da Semana dos Índios.
Carlito Santana
 Salvador – BA
NR: O Marcos Terena é índio, piloto, membro da Cátedra Indígena Internacional e diretor do Memorial dos Povos Indígenas, em Brasília. Para contactá-lo, pode escrever para o Memorial – Praça do Buriti – Brasília – DF


Voto holístico
Não posso deixar de comentar a matéria sobre os votos do ministro Carlos Ayres Britto, do Supremo Tribunal Federal. O primeiro voto, sobre as células-tronco é uma posição dura, firme e contundente, mas em forma de poesia. O segundo voto, sobre as terras de Raposo Serra do Sol é uma poesia, mas contundente e bateu fundo em meu coração. Também, eu, ministro, me peguei preconceituoso.
Alex Miranda 
Rio de Janeiro – RJ


Bairro Noroeste
Sou de Brasília e acho que esse bairro novo que estão criando, o Noroeste, não tem nada de ecológico. Onde está a sustantabilidade em termos de mobilidade, produção de energia, aproveitamento de água da chuva e reciclagem/compostagem do lixo?
Terezinha, Francisco e Marcos –  Movimento Universitário
Brasília – DF



Paisagem Cultural
Lembro-me muito bem de uma matéria de capa que a FMA fez em 2008 sobre paisagem cultural, sua importância como patrimônio para o Homem e para o meio ambiente. Acabei fazendo um trabalho aqui na faculdade que foi muito discutido. Vi que o assunto tomou uma outra dimensão depois que o Iphan não só aprovou a ideia como baixou uma portaria sobre o tema. Vocês poderiam dar mais detalhes do rumo que tomou este assunto no Ministério da Cultura e no próprio governo federal?
Marcos H. Cintra 
São José dos Campos – SP
NR: O assunto é demais relevante e voltamos ao tema nesta edição. Veja na página …


Serra Vermelha
Quero deixar registrado a coragem deste jornal em publicar tantas reportagens sobre um assunto que dá até morte aqui no Piauí: a importância de preservar toda região da Serra Vermelha. Não fosse a coragem do jornal e de sua repórter Tânia Martins, acho que as florestas de Serra Vermelha já tinham sido transformadas em carvão. Continuem nesta linha. Serra Vermelha é especial, é bonita, é diversa e vale muito mais em pé e intacta do que cheia de empresas exploradoras do homem e do meio ambiente.


Sálvio C. Vieira 
(piauiense) São Paulo-SP
NR: Obrigado pelo email e pela força que você dá aos nossos jornalistas. Veja na página 3 que a Tânia Martins e o André Pessoa acabam de receber um prêmio por suas reportagens sobre Serra Vermelha publicadas neste jornal.