Olimpíadas e Paraolimpíadas

5 de março de 2004

    A Austrália foi palco, em setembro deste ano, de mais uma edição das Olimpíadas, jogos que congregam quase todos as nações do mundo numa grande festa de congraçamento e superação dos limites humanos. Também as Paraolimpíadas, jogos disputados por atletas portadores de deficiências ocorreram no mesmo local, mostrando ao mundo os campeões que… Ver artigo


 

 


A Austrália foi palco, em setembro deste ano, de mais uma edição das Olimpíadas, jogos que congregam quase todos as nações do mundo numa grande festa de congraçamento e superação dos limites humanos. Também as Paraolimpíadas, jogos disputados por atletas portadores de deficiências ocorreram no mesmo local, mostrando ao mundo os campeões que transformam as limitações físicas em incentivo para grandes conquistas. 


Os Correios participaram dessa festa de maneira especial: além de patrocinar a equipe de esportes aquáticos nas Olimpíadas, promoveram a emissão de selos ilustrados com personagens da Turma da Mônica, exaltando o papel das crianças nos jogos que se realizarão no terceiro milênio. Mônica, Cebolinha, Cascão, Chico Bento e outros personagens criados por Maurício de Sousa e tão presentes no universo infantil representam, em 40 selos, atletas praticando as mais diversas modalidades olímpicas: natação, atletismo, voleibol, basquete, futebol, tênis, levantamento de peso, ginástica artística, judô, ciclismo, remo, esgrima, hipismo, barras paralelas etc. Com esse estímulo, os Correios manifestam sua inabalável esperança de que o esporte brasileiro venha a conquistar cada vez mais vitórias nas diversas modalidades olímpicas, no milênio que se inicia. 


O Brasil iniciou sua participação nas Olimpíadas em 1920, na Antuérpia e, desde então, só se ausentou dos jogos realizados em Amsterdã, em 1928. Os resultados obtidos pelos atletas brasileiros, no princípio, eram tímidos, embora se possa destacar algumas brilhantes exceções. Nos últimos anos, o esforço, a determinação e a dedicação dos esportistas, aliados ao patrocínio oferecidos por algumas empresas, resultaram em uma melhoria significativa do desempenho dos atletas brasileiros nas Olimpíadas. Alguns esportes menos tradicionais e populares, como a equitação e o iatismo, têm proporcionado ao Brasil grandes conquistas e honrosas medalhas, além das fortes emoções que já eram despertadas pelos esportes coletivos. 


Em 2001, os Correios estarão emitindo um selo focalizando o Dia Internacional do Portador de Deficiência, com o objetivo de propagar as ações empreendidas pela sociedade no sentido de reconhecer essas pessoas especiais como indivíduos talentosos e importantes nos diversos setores da sociedade. Compreender esses valores já é conquistar um grande prêmio nas Olimpíadas da vida. 


Mais informações: 
defil@correios.com.br
Tel: (61) 317-1800
Fax: (61) 224-7460