FILATELIA E ECOLOGIA

Selos postais inovam na preservação do meio ambiente

29 de abril de 2004

Sol, mar, rios, florestas, pássaros, flores, peixes e tantas outras riquezas que sugerem poesia, música, pintura. Significam amor, sonho, beleza, esperança, mas, sobretudo, significam VIDA. Não se trata da sua vida, da minha vida e, sim, das nossas vidas, da vida do nosso planeta. Falamos aqui de um tesouro divino porque a natureza não foi… Ver artigo

Sol, mar, rios, florestas, pássaros, flores, peixes e tantas outras riquezas que sugerem poesia, música, pintura. Significam amor, sonho, beleza, esperança, mas, sobretudo, significam VIDA. Não se trata da sua vida, da minha vida e, sim, das nossas vidas, da vida do nosso planeta. Falamos aqui de um tesouro divino porque a natureza não foi criada pela mão humana. Se tivesse sido, não seria tão perfeita ao ponto de nossas vidas dependerem da harmonia: do verde das florestas, do azul do mar, da fertilidade da terra, do perfume das flores. Sim, esta harmonia é que gera o ar que respiramos, o alimento que comemos, a água que bebemos. E se a mão divina criou esta perfeição, a mão do homem a tem destruído provocando o seu próprio desconforto. Falamos aqui do Meio Ambiente. Hoje são muitas as ações que procuram preservar o Meio Ambiente. O selo postal, assim como o pássaro que transportava no bico água do mar para apagar o incêndio da floresta, faz a sua parte na preservação do meio ambiente: divulga espécies da fauna e da flora em extinção, despertando para a necessidade da preservação, bem como da importância do meio ambiente sob o ponto paisagístico, cultural e ambiental. O selo postal tem focalizado árvores, pássaros, rios, flores e tem cumprido seu propósito de informar e conscientizar. Porém, pensando em melhorar sua ação, os Correios trabalham em termos de inovação tecnológica. Nesse sentido, programou para este ano a emissão de selos denominada Parques Nacionais do Brasil – Prevenção a Incêndios Florestais. Inicialmente programada para o mês de junho, mês em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, teve seu lançamento adiado para julho, em decorrência do tempo necessário para a adoção das inovações tecnológicas previstas. Além da beleza dos selos e da profundidade do tema abordado, os selos inovam em termos de técnica de produção. Trata-se de uma emissão especial, inédita, a primeira do gênero das emissões brasileiras produzida em papel reciclado e com aplicação de aroma de madeira queimada. A emissão compreende 4 selos unidos pelo picote, formando uma quadra que apresenta no centro a imagem de madeira queimando e o mapa do Brasil. Haverá uma área com a mensagem “raspe e cheire”. Ao ser raspada, exalará um cheiro de madeira queimada, alertando para a necessidade de evitar catástrofe como os incêndios, muitas vezes provocados por ações irresponsáveis e criminosas. Os selos são auto-adesivos. Fique atento para esta emissão, pois ela alerta para o compromisso de cada cidadão: o do respeito ao rico patrimônio ecológico universal. Os selos poderão ser encontrados nas Agências próprias dos Correios e nas Franqueadas, bem como na Central de Vendas à Distância no seguinte endereço: Av. Presidente Vargas,3077 – 230 andar, 20202-910 – Rio de Janeiro/RJ, telefones (021)503-8095/8096 – fax (021)503 8097, e-mail: centralvendas@correios.com.br Maiores informações: Departamento de Filatelia, SCS Quadra 4 – Lote 36 – n0 256, Ed. Apolo – 70 andar, 70300-944, Brasília/DF, telefones (061) 317-1805/1800, fax (061) 224-7460, e-mail defil1@correios.com.br