Tome Nota

Biopirataria

8 de agosto de 2005

Eles vieram como turistas, mas ao  deixar Manaus carregavam borboletas e besouros, num evidente ato de biopirataria. Mas não são apenas os insetos que despertam o interesse dos biopiratas. Plantas como Quebra-Pedra, Espinheira Santa e Muirapuama já estão patenteadas nos Estados Unidos e no Japão, transformadas em medicamentos anti-inflamatórios, contra a hepatite e até afrodisíacos…. Ver artigo


Eles vieram como turistas, mas ao  deixar Manaus carregavam borboletas e besouros, num evidente ato de biopirataria. Mas não são apenas os insetos que despertam o interesse dos biopiratas. Plantas como Quebra-Pedra, Espinheira Santa e Muirapuama já estão patenteadas nos Estados Unidos e no Japão, transformadas em medicamentos anti-inflamatórios, contra a hepatite e até afrodisíacos. O anúncio de que a Superintendência do Ibama no Amazonas criou uma Câmara Técnica destinada a combater a biopirataria não é uma boa notícia para os que se dedicam a essa prática ilegal.
Informações: IBAMA-Amazônia
Fone: (092) 237-6352 / 237-8211


Siderúrgicas punidas
Três siderúrgicas de ferro gusa que funcionam sem licença ambiental foram punidas pela Fundação Estadual do Meio Ambiente – Feam – , de Minas Gerais. A primeira, já fechada, é a Foscalma, que opera no município de Sete Lagoas, a segunda, em processo de fechamento, é a São Gonçalo, no município de São Gonçalo do Pará e a terceira é a siderúrgica Calsete, em Itabira. Uma Quarta siderúrgica, a City Gusa, também está na mira das autoridades.
Informações: FEAM-MG
Fone: (031) 344-6222


Política Ambiental
Cada vez mais envolvido na questão ambiental, o Banco Mundial acaba de editar três publicações que fornecem visões aprofundadas sobre o meio ambiente, tanto no mundo como nas Américas e no Brasil. As publicações Environment Matters, Instrumentos de Mercado para a Política Ambiental na América Latina e no Caribe e Brasil: Gestão dos Problemas da Poluição discutem temas como regulações e instrumentos de mercado, estruturas institucionais e um resumo das experiências nacionais de onze países.
Informações: BIRD
Fone: (061) 329-1000


Carnaval ecológico
Os foliões interessados em ecoturismo se preparam para invadir Rio Verde e Bonito. Em Rio Verde, as atrações são a Cachoeira de Sete Quedas, Portão de Roma, Grutas, Cidade das Pedras e Morro do Padre. Em Bonito os destaques são para a Gruta do Lago Azul, Ilha do Padre e Rio da Prata. As duas cidades receberam no ano passado 30 mil turistas nacionais e estrangeiros, e este ano pretendem dobrar o número de visitantes, começando por oferecer um verdadeiro carnaval ecológico.
Informações: Depto de Turismo da Prefeitura de Bonito
Liliam/Fone: (067) 255-1351


14001 na Comunicação
A Argumento Produtores Associados, produtora de vídeos há 14 anos no mercado, sob a direção do jornalista Ricardo Carvalho, foi a primeira empresa brasileira prestadora de serviços de comunicação a receber o certificado ISO 14001 de gestão ambiental. A empresa recebeu a certificação verde após quatro meses de preparação quando investiu R$ 100 mil em ações para controlar o impacto ambiental que provocava. A Argumento mantém uma ONG, a COM-MAM, que também conquistou a ISO 14001.
Informações: Lu Fernandes -Escrit. Comunicação
Fone: (011) 211-8995 / 211-4298 /
E-mail:
luf@mandic.com.br


40 Prêmio ABRELPE
Para a quarta edição do prêmio ABRELPE de Reportagem, a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais optou pela pergunta Lixo – Da geração ao destino final: quem são os responsáveis? como tema para incentivar os jornalistas de todo o Brasil a pensar, descobrir e apontar os participantes desse processo. A jornalista Ana Paula Lucman, do jornal A Notícia, de Joinville, Santa Catarina, foi a vencedora do concurso em sua terceira edição, o ano passado, com o caderno especial O mundo é um só: recicle.
Mais informações: ABRELPE
E-mail:
abrelpe@sti.com.br