Parque Estadual do sumidouro

Toma posse o Conselho Consultivo do Parque Estadual do Sumidouro

20 de março de 2013

  O Conselho Consultivo do Parque Estadual do Sumidouro tomou posse dia 13 de março, em solenidade no município de Lagoa Santa. A UC, criada em 1980, é administrada pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF) e possui cerca de 3,3 mil hectares de área. A solenidade de posse foi no Museu Peter Lund, próximo à… Ver artigo

 

O Conselho Consultivo do Parque Estadual do Sumidouro tomou posse dia 13 de março, em solenidade no município de Lagoa Santa. A UC, criada em 1980, é administrada pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF) e possui cerca de 3,3 mil hectares de área. A solenidade de posse foi no Museu Peter Lund, próximo à Gruta da Lapinha.
Os 54 conselheiros, entre titulares e suplentes, tomaram posse com a missão de discutir os problemas e demandas socioambientais da área de preservação e do seu entorno buscando promover o desenvolvimento sustentável da comunidade local. 
O Parque Estadual do Sumidouro está inserido na região do carste Lagoa Santa. No Parque são encontradas 52 cavernas cadastradas e cerca de 170 sítios arqueológicos históricos e pré-históricos, com destaque para a Gruta da Lapinha, uma das mais visitadas do Estado.
Rogério Tavares – Parque 
Estadual do Sumidouro – Lagoa Santa – MG
 
 Sobre o Parque do Sumidouro
O Parque Estadual Sumidouro foi criado com o objetivo de preservar todo o patrimônio cultural e regional do carste de Lagoa Santa, além de promover ações de educação ambiental e o ecoturismo. O parque foi oficializado em 3 de Janeiro de 1980, através do decreto estadual número 20.375-MG.
A Unidade de Conservação (UC) está situada ao norte da região metropolitana de Belo Horizonte, alcançando os municípios de Lagoa Santa e Pedro Leopoldo e tem uma área de aproximadamente 2.004,00 hectares.
Caracterizada como uma região cárstica, o parque do Sumidouro possui um belo conjunto de lagoas, surgências, sumidouros, um relevo composto por paredões, torres, além de suas belas grutas. A UC ainda é composta por fauna, flora e registros de memória cultural de grande riqueza. O Parque é composto por atrativos como a Lagoa e a Lapa do Sumidouro com pinturas rupestres de milhares de anos, Gruta da Lapinha, eleita uma das sete maravilhas da Estrada Real e sítio arqueológico de importância mundial escavado pelo naturalista Peter Wilhelm Lund. Há trilhas para o ecoturismo.

 

 Qual sua questão?

Preciso fazer uma denúncia urgente sobre um posto de gasolina, aqui perto de casa, que não obedece nenhuma regra da área ambiental. Até a água de minha casa tem cheiro de gasolina. Como devo proceder?
Cristaldo F. Moraes – Valparaíso – GO
 
NR: Há várias formas de se fazer a denúncia. O importante é que o denunciante apresente dados claros e precisos acerca do tipo de ocorrência e é indispensável que conste o nome da rua, número, município, Estado e algum ponto de referência e se possível, indique o nome ou apelido do responsável. A maneira mais fácil é ligar para o 0800-61-8080, linha verde do Ibama. Mas também se pode ir pessoalmente na Secretaria do Meio Ambiente (do Município ou do Estado) e fazer a denúncia. As informações são sigilosas. Em hipótese alguma, o nome do denunciante é divulgado. Isso permite que a pessoa possa identificar-se no momento da denúncia. Porém, se preferir, o denunciante poderá manter o anonimato. Na página do Ibama também tem um formulário que pode ser preenchido pela internet. Ou por email ou fax: E-mail: linhaverde.sede@ibama.gov.br – Fax: (61) 3321-7713