Prêmio Ambiental von Martius

Câmara Brasil-Alemanha anuncia vencedores do Prêmio von Martius

4 de março de 2004

Prêmio resgata o trabalho e o valor da obra de von Martius: a Flora Brasiliensis

     Para Ricardo Rose, diretor de meio ambiente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, o Prêmio Ambiental von Martius nasceu grande e com sucesso garantido: foram recebidos 180 trabalhos de todas as partes do Brasil e o julgamento não foi fácil pela qualidade das obras. O Prêmio foi anunciado simultaneamente em Berlim e São Paulo e terá entrega formal no final do mês de outubro, em São Paulo. Os vencedores nas três categorias receberão um belo diploma e um troféu. A Câmara Brasil-Alemanha mandará uma carta oficial a todos os que inscreveram seus trabalhos. 


Na última semana de setembro, os jurados se reuniram na Câmara Brasil-Alemanha, em São Paulo, para a avaliação final dos trabalhos. Fizeram parte do júri, os jornalistas Hiram Firmino (Estado de Minas Ecológico) Vilmar Berna (Jornal do Meio Ambiente) Graça Lara (Ambiente Global), Júlio Tocalino (Revista Meio Ambiente Industrial) e Silvestre Gorgulho (FOLHA DO MEIO AMBIENTE) e os empresários Ingo Ploger, Werner Wever e Félix de Bulhões (presidente do júri). O coordenador técnico dos trabalhos foi o publicitário e jornalista Rogério Ruschel. 


Quem foi von Martius


Carl Friedrich Philipp von Martius, conhecido como o homem dos sete instrumentos, nasceu na Bavária e veio para o Brasil junto com zoólogo Johans Baptist von Spix, na comitiva que trouxe a princesa Leopoldina, para casar-se com o futuro Imperador D. Pedro I. Esses dois jovens foram encarregados pelo rei da Bavária, Maximiliano José, um grande admirador das ciências naturais, a fazer um levantamento o mais completo possível da natureza tropical. De 1817 a 1820, Martius e Spix percorreram juntos as regiões do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Pernambuco, Piauí, Pará e Amazonas. Eles percorreram quase todos os ecossistemas brasileiros: Mata Atlântica, Cerrado, Caatinga e Floresta Amazônica. Faltou conhecer os Campos do Sul e Pantanal.


De volta à Bavária, Von Martius trabalhou 28 anos na maior das obras até hoje publicada sobre a flora de um país: a Flora Brasiliensis, composta de 40 volumes. Martius morreu aos 74 anos, sem terminar a obra, que foi concluída por uma equipe de 65 cientistas, coordenada por August Wilhelm Gichler e Ignaz Urban, em 1906. Flora Brasiliensis tem 20.773 páginas e contem 6.246 desenhos de plantas, além da descrição de outras 22.767 de espécies brasileiras. 


O Prêmio Ambiental von Martius, lançado esse ano pela Câmara Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, é de suma importância, no sentido de resgatar a magnitude do trabalho e o valor de uma obra que o Brasil parece desconhecer.


Mais informações:
(11) 5092-6473


Os premiados


Categoria Humanidade


1ª lugar – nª 30
Projeto: “Projeto de Preservação, Estudo e Desenvolvimento Sustentável do Lajedo de Soledade, Apodi (RN)”
Participante: Fundação Amigos do Lajedo de Soledade (FALS)
Sítio Soledade
Apodi-RN 59700-000
Tel.: 84-219-2900 Fax: 84-219-2900
E-mail: manary@digi.com.br
Contato: Eduardo Bagnoli, Presidente do Conselho Técnico-Científico da FALS


2ª lugar – nª 7
Projeto: “Educar para Preservar”
Participante: Siderúrgica Belgo-Mineira
Avenida Carandaí, 1115 – 21ª andar
Belo Horizonte-MG 30130-915
Tel.: 31-219-1290 Fax: 31-273-2927
E-mail: fidias.miranda@belgomineira.com.br
Contato: Fídias de Miranda, Gerente Corporativo de Meio Ambiente


3ª lugar – nª 177
Projeto: “Arne Sucksdorff – Uma vida dividida”
Participante: FUNATURA
CLN 107 – Bloco B – Salas 201/211
Brasília-DF 70743-520
Tel.: 61-274-5449 Fax: 61-274-5324
E-mail: Funatura@essencial.com.br
Contato: Maria Tereza José Pádua, Presidente


Categoria Natureza


1ª lugar – nª 38
Projeto: “Desenvolvimento Sustentável da biodiversidade da várzea na Amazônia”
Participante: Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá
UFPA – Laboratório da Antropologia – Guamá
Belém-PA 66075-970
Tel.: 91-249-6369 Fax: 91-249-6369
E-mail: anarita.bel@zaz.com.br
Contato: Ana Rita Alves, Presidente


2ª lugar – nª 87
Projeto: “São Paulo Pomar, Mais Verde, Mais Vida”
Participante: Secretaria do Meio Ambiente SP
Avenida Professor Frederico Hermann Júnior, 345
São Paulo-SP 05489-900
Tel.: 11-3030-6000 Fax: 11-3030-6177
E-mail: jtripoli@sp.gov.br
Contato: Ricardo Tripoli, Secretário de Estado


3ª lugar – nª 158
Projeto: “Estudo Ecológico do Puma (Puma concolor) na Fazenda Monte Alegre”
Participante: Indústrias Klabin S.A.
Lagoa, Fazenda Monte Alegre
Telêmaco Borba-PR 84279-000
Tel.: 42-271-2378 Fax: 42-271-2315
E-mail: ralf@klabinpr.com.br
Contato: Paulo Kikuti, Gerente de Pesquisa


Categoria Tecnologia


1ª lugar – nª 31
Projeto: “Viabilização do Processo de Compostagem com Folhas de Eucalipto”
Participante: Karina Vazquez Soares
Rua Professor Geraldo Hipólito, 40 – Parque Espacial
São Bernardo do Campo-SP 09812-110
Tel.: 11-4109-5349 Fax: 11-4351-6985
E-mail: karina_soares@hotmail.com
Contato: Solange Lopes Nascimento Losada, Técnica de ensino


2ª lugar – nª 29
Projeto: “Mystères D’Amazonie”
Participante: Essencial – Arte em Perfumaria Ltda.
Rua Professor Marciano Armond, 350 – Nossa Senhora das Graças
Manaus-AM 69057-030
Tel.: 92-658-4258 Fax: 92-658-3931
E-mail: serafico@internext.com.br
Contato: Maria da Graça Seráfico de Assis Carvalho, Chefe da criação de produtos


3ª lugar – nª 14
Projeto: “Lâmpadas Queimadas – No Lixo Não”
Participante: Apliquim Tecnologia Ambiental
Rua Brigadeiro Tobias, 356 – 11ª andar
São Paulo-SP 01032-000
Tel.: 11-3313-1277 Fax: 11-3313-4584
E-mail: apliquim@apliquim.com.br
Contato: Sr. Cyro Eyer do Valle, Sócio